Filmes teen dos anos 80

Ou "Homenagem ao John Hughes".

Eu aprendi a gostar dos anos 80 a partir dos filmes do John Hughes, que ficou conhecido como "o Steven Spielberg dos adolescentes". Mesmo que você não o reconheça pelo nome, certamente não só já assistiu a pelo menos um de seus filmes na Sessão da Tarde, como também foi influenciado por eles. É impossível passar ileso, especialmente para um adolescente.

Hughes falava sobre - e para - os jovens de modo divertido, mas ainda assim inteligente. É comum ouvir dizer que seus filmes captaram o espírito de toda a geração dos anos 80, mas eu acredito que muitas de suas propostas continuam atuais. Além disso, ele foi o primeiro a representar os nerds, em uma época em que nem se imaginava que um dia isso poderia ser considerado cool.

Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller's Day Off)


É, para muita gente, o melhor filme adolescente já feito, e o clássico dos anos 80 por excelência. Infelizmente, diferente da maioria que o assistiu na Sessão da Tarde, eu demorei anos para vê-lo. E agora é impossível não querer assistir novamente várias e várias vezes.

O filme conta a história de um adolescente que finge estar doente para poder matar aula junto com sua namorada e o melhor amigo. Pode parecer uma comédia besta sobre um simples dia de adolescente. Pode parecer "apologia à irresponsabilidade". Para mim, cada detalhe do filme está repleto de ensinamentos e filosofias de vida. De certa forma, Ferris Bueller é uma de minhas inspirações de vida, a quem recorro em meus momentos mais neuróticos.

Há vários momentos memoráveis, como as inesquecíveis quotes de Ferris e a cena em que ele canta Twist and Shout em uma Parada na cidade.

Gatinhas & Gatões (Sixteen Candles)
Foi o primeiro longa-metragem dirigido por John Hughes, e também seu primeiro trabalho com Molly Ringwald, atriz que se tornaria sua musa. Samantha Baker completa dezesseis anos no dia do casamento de sua irmã mais velha, o que faz com que seu aniversário seja esquecido por todos. Ela está apaixonada pelo garoto mais popular da escola e ninguém parece notar sua existência, exceto um nerd inconveniente que insiste em assediá-la.

A Garota de Rosa-Shocking (Pretty In Pink)
Este filme não foi dirigido, mas escrito e produzido por Hughes. O que não faz muita diferença, já que é possível ver sua influência em cada detalhe. Andy Walsh é uma garota pobre apaixonada por um garoto rico. Quando tentam se conhecer melhor, os dois encontram resistência de seus respectivos círculos sociais.

Apesar da trama comum e já vista em tantos outros filmes, é mais que uma comédia que trata da diferença de classes. É um dos filmes mais profundos feitos para adolescentes, e a trilha sonora também é ótima (com direito a The Smiths!).

Mulher Nota 1000 (Weird Science)
"Se você não consegue arrumar uma garota, faça uma!". Cansados da rejeição do sexo oposto, Gary Wallace e Wyatt Donnelly usam um compu.tador para criar a mulher ideal. Este filme, em especial, celebra a tecnologia e representa os nerds, demonstrando que com inteligência e esperteza é possível superar os rivais que nada têm além de popularidade. A música-tema também é ótima, divertida e marcante.

Clube dos Cinco (The Breakfast Club)
Este poderia ser só mais um filme sobre adolescentes cumprindo detenção, mas não. Para mim, é a prova definitiva da genialidade do mestre. Aparentemente, é bastante simples, mas ainda assim sensível, engraçado e, em alguns pontos, até mesmo doloroso. Com personagens completamente baseados em estereótipos, é praticamente um espelho em forma de filme. Há o cérebro, o atleta, a louca, a princesa e o criminoso. Allison Reynolds ("the basket case"), por si só, já merecia um post inteiro dedicado a ela.
The Breakfast Club não é só o meu filme favorito do John Hughes, como também um dos melhores filmes da minha vida. 
 
Um dia, adolescentes gritaram "Save Ferris!". Hoje eu grito "Thank you, Hughes". :)


Karol

Escrito por karol skywalker

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

31 comments:

kynhaa disse...

AHAHA engraçado voce fazer um post sobre isso, porque ontem mesmo eu vi esses filmes <3 É bom relembrar

Anônimo disse...

Adorei o post, fiquei cheia de vontade de rever os filmes :)

Nanda Grubstick disse...

Aiaiaiaiaiai, quando assisti aquele documentário sobre o John Hughes me deu uma vontade enorme de chorar...
O seu post me deixou com vontade de ver todos esses aí que eu ainda não vi (Weird Science e Sixteen Candles), e rever os que já vi, ok, menos Pretty in Pink, porque acho meio boring.
Mas Breakfast Club <3, eu me senti super culpada, por ter passado anos querendo ver esse filme, mas fiz isso ano passado (ou em 2009, não lembro). Tudo nele é tão maravilhoso, só sinto falta de não me ver ali no meio :P

Post ótimo, claro. Isso, nem preciso comentar!

xoxo

Vitor Souza disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Gilvanna disse...

Curtindo a vida adoidado, quem nunca quis fazer a mesma coisa?

Filmes dos anos 80 são épicos, o bom é que estão lançando a maioria em bluray! *_*

Anônimo disse...

Adooooorei o post, está de parabéns!
Me deu uma super vontade de me fechar no quarto o dia todo só pra ver e rever esses filmes.
Ferris Bueller's Day Off e The Breakfast Club são os melhores, na minha opnião.

karol skywalker disse...

kynhaa,

Sério? Que coincidência legal! hahaha. Eu gosto muito dessas coisas que as pessoas consideram "antigas", e achei que esse seria um bom assunto para o meu primeiro post. :) Afinal, é sempre bom relembrar coisas boas.

karol skywalker disse...

Anônima 1,

Que bom que você gostou! Veja e reveja todos que puder, haha. Nunca é demais. :P

karol skywalker disse...

Nanda,

Eu fico muito triste por não ter vivido essa época ou apreciado todos esses filmes no cinema. Devíamos mesmo fazer uma maratona de filmes do John Hughes qualquer dia! Seria ótimo. :)
Mesmo que você não se veja especificamente em um dos personagens de "The Breakfast Club", é impossível não se ver nem um pouquinho em cada um deles. :P Acho até que você tem um pouquinho de Allison também, hahaha.

karol skywalker disse...

Vitor,

Obrigada! Você devia deixar de preguiça e começar a ver filmes antigos já. Haha. Esses, pelo menos, merecem estar na lista "must see" de todos! :) Ficarei calada sobre os filmes da Hilary Duff, Amanda Bynes e Lindsay Lohan, senão você vai me bater. :P

karol skywalker disse...

Gilvanna,

Ferris Bueller revolucionou a maneira de matar a aula! Hahaha. Acho que todos nós queríamos um dia perfeito como o daquele sortudo. Morro de inveja, tudo dá certo para ele! :P
Há muitos outros filmes bons dos anos 80, e também de outras décadas passadas. Se puder, escreverei muitos outros posts sobre coisas antigas, e espero que sejam tão bem recebidos como esse. :)

karol skywalker disse...

Anônimo 2,

Muito obrigada! :D Faça isso: se tranque no quarto e reveja os filmes do John Hughes. Com certeza não será um dia perdido, haha.
"Ferris Bueller's Day Off" e "The Breakfast Club" também são os meus preferidos, mas também gosto muito de "Weird Science", e acho até que ele é um pouco renegado e merecia mais atenção. Também adoro "She's Having a Baby", mas não coloquei na lista por não ser exatamente teen. :P

Mary *-* disse...

Karol!! Parabéns pelo post :)

Eu ainda não vi nenhum filme desses #ShameOnMe, mas me deu muita vontade de ver agora!
Já queria ver antes porque você e a Nanda vivem falando deles, mas depois desse post...MUST SEE!!

Até a próxima e...bem vinda ao WBN *-*

#SeeYa

petitvolcan disse...

Estava esperando ansiosa pelo seu post >< sou uma pessoa ruim por não ter comentado os das outras meninas que também são novas aqui, mas a verdade é que já acompanho o WBN faz um tempo; parabéns a todas =)
Enfim: Lindo texto, assim como o tema. Acho que todos deveriam assistir os filmes do John Hughes, por todos os motivos que citou, e principalmente por serem tããão divertidos \\o\\

ass: petitvolcan

Ana disse...

Adooooooro!!!

Hellen disse...

Filme anos 80 são tão legais =) [não todos óbvio, mas os que se destacam são "too good to be true"]. Nasci no finalzinho os anos 80 posso me considerar da geração? [acho que não =( ].
Destes filmes assisti o "Ferris Bueller's Day Off", "The Breakfast Club" e uns pedaços aleatórios enquanto passava na tv de "Pretty In Pink" (então não conta =P). O que eu não gosto de Ferris Buller é do Ferris Buller, ele é um belo dum fdp que sacaneia o melhor amigo o tempo todo. Só faz merda com o coitado e não tá nem aí com as consequências que isso vai trazer para o pobre Cameron. A melhor parte do filme com certeza é a dancinha do Twist and Shout.
Já The Breakfast Club é mais daqueles filmes que a sinopse não da nada, mas tem vários diálogos marcantes que enriquecem muito a estória(estilo "O apanhador no campo de centeio"), adoro esse tipo de coisa.
"You see us as you want to see us… in the simplest terms and the most convenient definitions".

Nanda disse...

ooooi *-* que filmes gracinhas! Realmente, eu particularmente gosto muito de filmes da sessão da tarde, nesse etilo que voc postou aqui :D haha, amei mesmo <3# Mas nunca vi nenhum desses, quer dizer, a não ser Curtindo a vida adoidado *000* que é MARAVILHOSO! HAIDUAHOSIEA.

Recebi o marcador de voocs na bienal e amei o blog *-* muito liindo e sai abrindo abas nos posts antigos :D HASDIUASE Blogs bons fazem agt fazer isso, kkkkk :p

Beijos, nanda
www.julguepelacapa.blogspot.com

Junior Sousa disse...

Curtindo a Vida Adoidado é um clássico. Que Saudade dessa época, muitos filmes bons, vocês lembram da Festa do Monstro Maluco que passava na Sessão da Tarde? http://www.ferinha.com/2011/09/13/classico-do-stop-motion-mad-monster-party/ Era muito legal também.
Parabéns pelo post!

Momo disse...

John Hughes era gênio embora a maioria não goste de representa-lo desta forma, foi muito injustiçado por seus filmes serem simples, mas só quem cresceu na década de 80, ou pelo menos próximo dela sabe o poder deles.

Alguns meses trás eu fiz um video para homenagear o mestre.

http://www.macho-crise.com/2011/03/homenagem-jonh-hughes.html

Anônimo disse...

Ótimo post!
Me fez lembrar os filmes que assistia quando criança.
valeu mesmo!

Nanda Grubstick disse...

Oi, Nanda!! :D
Ai que legal, vc chegou aqui pelo marcador :))) eu e duas amigas entregamos pra umas 200 pessoas, e vc foi a segunda que entrou em contato :/
Imagino que outros também entraram no blog, mas só vcs duas se manifestaram até agora.

Que bom que gostou do blog, e dos posts antigos também <3
Seja bem-vinda e volte sempre :))


Xoxo


NANDA!!!

karol skywalker disse...

Marília,

Yaaay! Obrigada. :D Veja os filmes, tenho certeza que você vai gostar! Se Fernandaland promover um cineclube John Hughes, podemos ver/rever todos juntos. Será ótimo.

karol skywalker disse...

Brenda,

Obrigada, mas não crie expectativas sobre os posts, hahaha. De qualquer forma, fico feliz que você tenha gostado. :) Concordo plenamente: TODOS deveriam assistir aos filmes do John Hughes!

karol skywalker disse...

Ana,

Que bom! :) Era essa a intenção, haha.

karol skywalker disse...

Hellen,

Os anos 80 têm tantos filmes bons que eu passaria uma vida escrevendo posts sobre isso! :P Gosto de muitos, inclusive de outras obras adolescentes dessa época e que não foram dirigidas pelo John Hughes.
Tenho muita inveja do Ferris por tudo dar certo para ele, e pena do Cameron. O Ferris fala umas coisas que não tem como não concordar ou deixar de levar como inspiração para a vida. "Life moves pretty fast. If you don't stop and look around once in a while, you could miss it" ecoa na minha cabeça diariamente. Acho que o filme só poderia ser melhor se a Sloane fosse interpretada pela Molly. :)
Quando você lê a sinopse ou mesmo começa a assistir The Breakfast Club, não imagina que algo tão simples possa ser tão profundo - e maravilhoso.

karol skywalker disse...

Nanda,

Que bom que você gostou! YAY! :D

karol skywalker disse...

Júnior,

Obrigada. Nunca assisti "A Festa do Monstro Maluco", mas adoro stop-motion e me interessei muito lendo seu post. Já foi para a lista de filmes que quero assistir. :)

karol skywalker disse...

Momo,

Nem sempre o que é simples acaba sendo devidamente valorizado, e isso é uma pena. Não cresci na década de 80, mas tenho orgulho de que tenham sido estes filmes a me influenciarem, e não as obras adolescentes de minha geração. Gostei muito do vídeo. É sempre emocionante relembrar todas essas cenas, que ficaram ótimas na compilação.

karol skywalker disse...

Anônimo 3,

Obrigada! :) Fico feliz por isso.

Bárbara Kruczynski disse...

Esse post foi digno de OSCAR!!! hauahuau

A-m-o JOHN HUGHES!!!!!
Sou muito grata a ele por toda a OBRA!
O Clube dos Cinco também é meu predileto, mas os não ficam atrás tbém...todo mundo empatatado!
Os filmes com a Molly , eu acho , são os mais fofos possíveis! Aquela coisa de menina poderosa, ruiva e inteligente! OWWW!!! ehehehe e ''Curtindo a vida adoidado'', bem é um clássico, neh?! ninguém discute como ali vc vê filosofia pura aliada ao entretenimento!

Parabéns pelo post!
bjo

ana Paula disse...

Gente, só vi esse post agora!
COMO FAZ???

Maravilhoso, amo John Hughes!!!

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)