Desculpa pelas 93 mensagens que te mandei ontem à noite - White Girl Problems

Eu tinha combinado comigo mesma que iria evitar escrever sobre livros aqui, porque vamos ser sinceros,  existe blog literário a torto e a direito (alguém ainda diz isso?!), só que não teve jeito: WHITE GIRL PROBLEMS é o máximo!!!!!

Já estou acompanhando a vida da Babe Walker (@whitegirlproblem) no twitter há muito tempo. Os tweets da moça me fazem rir muito alto e rendem vários RTs na minha time line.
Gente, é uma coisa mais absurda/engraçada/louca que a outra!!!!!

Quando vi, há alguns (muitos) meses atrás, que ela lançaria um livro, fiquei louca da vida e decidi que eu PRECISAVA comprá-lo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Pedi no Amazon e demorou séculos pra chegar. Já tinha até desistido quando o livro da capa linda ~sapato chique colado no chiclete~ chegou na minha casa.

Quem dedica um livro à si mesmo?
Quem usa uma frase do Leonardo Di Caprio pra abrir seu livro de memórias?

Babe Walker, claro.



Não consigo fazer uma sinopse da "obra" UHASUHAUSHUAHSUA. O livro não conta uma história especifica, ele trás acontecimentos mais ou menos aleatórios da vida luxuosa/psicótica/emocionante da Babe, e claro, narrados por ela mesma e divididos por capítulos. No meio das "memórias" encontramos algumas mensagens de texto e sketchs feitos pela própria.

... os seus "problemas" a levaram para uma rehab - isso é o que acontece quando você gasta $246,893.50 em uma tarde na Barneys. Agora ela decidiu escrever suas memórias, revelando as dificuldades que tem que enfrentar pra ser perfeita a cada dia. Problemas como:
- Eu odeio meu cavalo.
- Todo trabalho que eu já tive é o pior trabalho que eu já tive.
- Ele não é um médico, um advogado ou um príncipe.
- Eu como qualquer coisa, desde que seja sem glúten, sem laticínio, pouco carboidrato, pouca gordura, pouca caloria, sem açúcar e orgânico.  

Só de saber quais são os acontecimentos da "agitada" vida da Babe, já dá pra ter uma idéia de como é engraçado. Então, imagina isso contado com aquele jeitinho que só Barbara Walker tem. HAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHA

Os títulos de cada capítulo são um show a parte:

"Desculpa por ter mandado 93 mensagens ontem à noite"

Dedicatória

Look pra intervenção do Carter (uma das partes mais engraçadas do livro)

São tantas coisas engraçadas que eu nem consigo escolher uma só. Pode ser a intervenção que ela faz para o namorado traidor, o dia que vai parar na cadeia por fazer uma fogueira de roupas de grifes no meio da rua, o capítulo em que conta sobre todos seus tratamentos de beleza (ou receitas de smothie), sobre o caso com o chef da sua família ou as 5 universidades onde ela estudou durante dois ano. A criatura é uma figura. Única.

É sério, você PRECISA CONHECER A BABE! Vai ser fácil amá-la e odiá-la ao mesmo tempo. E veja pelo lado bom, diferente de Girls, eu duvido que você vai se identificar com a Miss Walker (ainda bem!)


Não sei quando (e se) o livro vai ser publicado aqui. Então se você não conseguir/quiser comprar pode sempre achar a Babe no twitter ou ler o site que ela atualiza com frequência. Eu prometo pelos 750 mil seguidores da Babe você não vai se arrepender.


cheers!

Nanda



Ps. E por favor, não vamos ser bobos e dizer “noooooooooossa que livro preconceituoso!”, o livro e o twitter são de humor, e o nome poderia ser trocado para “Rich Girl Problems” sem maiores problemas. Mas White Girl Problems, é bem do jeitinho da Babe.

Escrito por Fernanda Xavier

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

11 comments:

Fernanda disse...

ai, adorei a sinopse \o/
vou catar aqui pra comprar hehe
:**

Fátima Ammar disse...

Uau!!! Eu quero ler!!!! Adoro esse tipo de livro... pena que nunca tenho tempo pra ler...

Adorei o post tb!
Vc realmente consegue deixar as pessoas inspiradas!!!

Beijokas e saudades!!!

Kari disse...

Abrindo o Book Depository e comprando. EU NÃO PODIA GASTAR MAIS NADA NO CARTÃO HOJE! #whitegirlproblems

Polie disse...

Já passou da hora de melhorar meu inglês. HUSAHUSA Eu vi algo sobre o livro no teu twitter e vim conferir. É, parece engraçado, algumas personagens no estilo do dela me irritam um pouco, maaas pelo que vi no twitter, curti. :3
;*

Bárbara Kruczynski disse...

Será que já tem pra download??????? eu quero lerrrrrrrrrrr

Nanda Grubstick disse...

Vou responder os comentários com tweets da Babe hahaha

Fernanda, leia!! É engraçado demais ahhaha
""Material Girl" came out in like 1940, right?"

Nanda Grubstick disse...

Fátima, muito obrigada :) for real!!!

"Let's be friends. Just kidding. http://goo.gl/zzTtG"

Nanda Grubstick disse...

Kari, COMPRA COMPRA!
E cartão: "As soon as I accepted that I hated you, I realized that I actually loved you. http://goo.gl/dSQHu "

Nanda Grubstick disse...

Polie, a Babe não existe!!!!!! "I'll drink tap water as long as it's purified, alkalized, deionized, triple-filtered and properly chilled. http://goo.gl/mEPfI"

Nanda Grubstick disse...

B. eu não sei, mas lê o blog dela, que já vale a pena. "Kindly check yourself back into the mental hospital from which you clearly escaped. http://goo.gl/Qs2UH" ASSHAUSHUAHSU

ana Paula disse...

Aaaaahhh que vontade de ler esse livro!!!!
Vamos lá, mais uma dívida com meus pais - um dia ainda saio desse salário de estagiário!!!!

Fui lá conferir o site dela, gente, que coisa linda! HAHAHAHAHA

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)