The New Normal & Emily Owens MD

Ah, fall season... Minha amada fall season...  demorou, mas finalmente está entre nós! Na verdade já faz um tempo que começou, mas eu quis esperar alguns episódios para ter certeza de quais séries eu iria indicar para vocês. O que na verdade se provou algo bastante complicado. São tantas! O.o Já desisti de algumas, é verdade, mas há muitas que estão me conquistando a cada episódio mais e mais e por isso é difícil escolher apenas duas... Vou indicar as comédias que, em minha opinião, são as melhores entre as estreantes.

The New Normal


A melhor comédia estreante in my opinion, sempre é bom frisar e também a mais polêmica. Criada por Ryan Murphy (Glee, American Horror Story), conta a história do casal David (Justin Bartha, de Se Beber Não Case) e Brian (Andrew Rannells, de Girls) que decidem que está na hora de dar mais um passo na relação e  começar uma família (se você é fã de Glee uma motivação extra: muita gente diz que eles são praticamente Blaine e Kurt no futuro). Só que eles não querem passar pelo processo longo de adotar uma criança, então a saída é contratar uma barriga de aluguel. É aí que entra Goldie (Georgia King, de Menina Mimada), que vem de uma família com uma tradição estranha: ela, sua mãe e a avó ficaram grávidas quando adolescentes! Ao flagrar o marido a traindo com a Ming de Awkward!, ela decide que precisa mudar de vida. Ela então concorda em gerar o filho de Brian e David para poder seguir seu sonho, se tornar uma advoga, e então poder proporcionar um futuro melhor para sua filha, a fofa e excêntrica Shania (Bebe Wood, vista em 30 Rock), mas acaba desenvolvendo uma grande amizade com os dois. Só que Goldie não vem sozinha. Sua avó racista e extremamente preconceituosa, Jane (Ellen Barkin, de O Despertar de Um Homem) vai atrás da neta para tentar impedi-la a qualquer custo de cometer “tamanho absurdo”.


 Perceberam o porquê da polêmica? Um grupo super conservador dos EUA, o One Million Moms, tentou fazer com que a série fosse impedida de ir ao ar com o argumento de que “sujeita famílias à decadência da moral e dos bons costumes e da santidade do casamento, numa tentativa de redefinir o conceito de casamento”. Mas anyway... o que importa é que a série, além de muito divertida e gostosa de assistir, tem um forte caráter social, discutindo temas importantes como politica, preconceito, casamento entre pessoas do mesmo sexo, valores familiares, reliosidade e a importância de ser você mesmo.  E tudo com muita delicadeza. Poucas séries conseguem isso e ainda manter a “graça”, pois afinal não deixa de ser uma comédia.

Os personagens transbordam carisma. Até mesmo Jane, a vilã da série. Não tem como não se afeiçoar a esses personagens... Ou pelo menos alguns deles. Nesse aspecto, quem ganha o maior destaque é Shania. A menina é fantástica! Os diálogos dela com Brian são geniais (os dois discutindo quem ganharia uma eleição entre a Dora e o Bob Eponja e entre o Papai Noel e o Coelhinho da Páscoa é hilária)! Então, deixe o preconceito e a desconfiança de lado e confira The New Normal. Aposto que irá se encantar pela série!

Trailer

Emily Owens


Mais uma daquelas séries que quando você assiste acaba esquecendo os problemas e só tem a good time. É um tanto bobinha, mas é também leve, divertida e tem um charme todo especial. Algo mais ou menos como “Hart Of Dixie”. E eu amo séries assim!

 Emily Owens (Mamie Gummer) acaba de sair da faculdade e está pronta para trabalhar em um famoso hospital. Mas ao chegar lá ela descobre que o mundo adulto não é tão diferente assim do High School... Apaixonada pelo colega de classe e agora de trabalho (Justin Hartley, de Smallville), ela leva um fora logo no piloto (coitada... e não é spoiler já que a cena tá até no trailer). Além disso, faz amizade com uma lésbica filha do diretor do hospital que ainda não saiu totalmente do armário (Kelly McCreary, de White Collar) e com um residente que tem tudo para ser o novo par romântico da moça (Michael Rady de Quatro Amigas e um Jeans Viajante). Ela acaba irritando sem querer a chefe que ela idolatra (Necar Zadegan, de 24 Horas) e ainda descobre que sua inimiga do High School (Aja Naomi King, de  Damsels in Distress) também começou a trabalhar no mesmo hospital e ainda continua a mesma bitch de sempre.



Ufa! Que confusão, não é? Mas é uma confusão divertida! Morri de rir com a Emily recebendo conselhos de uma paciente de 12 anos! Os pensamentos dela mostram que ela pode ter crescido e se tornado uma médica, mas continua uma adolescente. Já gostava da Mamie em The Good Wife, mas como Emily ela está perfeita. Sem dúvida é um dos pontos que faz a série valer a pena, já que ela tem algumas falhas (perde o ritmo em alguns momentos). Se você gosta de séries médicas a lá Grey’s Anatomy e comédias adolescentes de High School, Emily Owens M.D. é definitivamente a série para você!

Trailer 
...
Espero que tenham gostado das dicas! E que se divirtam!

Até mais, folks :] 



Curta o wanna be nerd no facebook

Escrito por Vitor Souza

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

1 comments:

Karlinha disse...

Nanda...vc lembra que esse carinha que faz o "possível par romântico" dela...é o cara de 4 amigas e um jeans viajante?

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)