A Adaptação do Best-seller 'Garota Exemplar' pela ótica de David Fincher

Adaptar um livro para o cinema é sempre bem complicado, afinal, atender as expectativas alheias dos leitores, dá um frio na barriga pavoroso. Contudo, e mesmo que dizer isto soe um tanto quanto petulante, acredito que tal sentimento  nunca tenha ocorrido a mente de David Fincher, diretor renomado que tem em seu currículo filmes como O Clube da Luta e a mais recente produção ''Millenium: Os homens que não amavam as mulheres'', ambos adaptações.

Com tendência a escolha de projetos mais ''darks e psicológicos'', Fincher assina a direção do longa ''Garota Exemplar'' que chega aos cinemas esta quinta-feira (02) e foi adaptado no livro homônimo de Gillian  Flynn, que abraça o projeto como roteirista. A produção tem a força da atriz Reese Witherspoon como uma das produtoras e traz nos papéis principais Ben Affleck e Rosamund Pike.

Na trama, Affleck vive Nick, um ex-jornalista que agora é professor de uma universidade comunitária e também dono de bar com sua irmã Margo (Carrie Coon) no Missouri, Estados Unidos. Ele é casado com Amy, interpretada pela estupenda Rosamund Pike, a moça é filha única dos escritores Rand Elliot (David Clannon) e Marybeth Elliot (Lisa Banes) e teve sua vida constantemente abordada na série fictícia criada pelos país chamada de ''Amy Exemplar''. Como todo relacionamento, Amy e Nick estão passando por uma crise. Entretanto, quando estão prestes a comemorar as bodas de cinco anos Amy desaparece subitamente. Nick é quem encontra a casa revirada e chama a polícia, mas logo que a detetive Rhonda Boney (Kim Dickens) e o oficial Jim Gilpin (Patrick Fugit) iniciam as investigações todas as suspeitas sobre o sumiço de sua esposa recaem sobre ele. A cidade se comove em peso para ajudar nas buscas. A propósito, os pais de Amy deixam Nova York, como o casal fez anos antes, para ajudar. Enquanto isto, Nick rebola em frente a uma mídia tenebrosamente perseguidora e as pistas deixadas por Amy.

Trailer


Ficha Técnica: Gone Girl. Direção: David Fincher. Roteiro : Gillian Flynn. Elenco: Ben Affleck, Rosamund Pike, Tyler Perry, Neil Patrick Harris, Kim Dickens, Carrie Coon, Missi Pyle, Patrick Fugit. Distribuidora: Fox Filmes. Gênero: Suspense. Duração: 149min.

A condução de David Fincher é M-A-G-I-S-T-R-A-L! ! ! Sua perspectiva de análise são fortes em cada cena, desde o inicio da película, onde ele chama a atenção do telespectador para o cenário dos acontecimentos, Missouri, até os contrastes entre o romance e as investigações do possível assassinato ou ainda também ''a ênfase dada a mídia que ganha audiência em cima da situação''. Todos os takes para avaliar a conduta do personagem de Affleck, como possível assassino, ficam ainda mais poderosos por causa da enigmática personagem Amy Dunne (presente de ouro dado a Rosamund Pike que, inclusive, já está sendo apontada como forte candidata para as grandes premiações do ano que vem).

Os segredos do casal vão se revelando em partes, o que deixa o suspense ainda mais gostoso de digerir. Enquanto Nick vive o presente, Amy nos conta o passado. Meio a isto, temos um jogo de ''mentira ou verdade'' que são delineados aos poucos pelas ações e caráter de ambos. Nick, em um primeiro momento, chama toda a atenção para si, devido a tudo apontá-lo como assassino. Logo depois, Amy reforça a magnitude do suspense com sua mente perspicaz e engenhosa e isto faz com que, em diversos momentos, você torça para um ou outro ser o bom moço do enredo. Mas, na certa, o final da história vai deixar qualquer um intrigado.


Bem, tudo foi meticulosamente adaptado com a ajuda de um ótimo roteiro da autora Gillian Flynn. Ela que, aliás, anunciou mudanças para surpreender o público, principalmente quem havia lido sua obra, mas, posso dizer com conhecimento de causa (confiram a resenha que fiz ano passado do livro aqui) que foram alterações singelas que casaram mais com o audiovisual do que as descritas no título original, ou seja, a essência se mantêm, mesmo com a exclusão de alguns personagens.

Trilha Sonora de Trent Reznor, parceiro de Fincher em outras empreitadas, soa maravilhosamente perfeita e harmoniza a tensão com habilidade. Repetem a dobradinha de trabalho com o diretor o cinematografo Jeff Cronenweth e o finalizador Kirk Baxter que trazem sua marca de qualidade ao projeto. 

O casting de Laray Mayfield nos dá na tela uma brilhante interpretação. Tanto dos atores principais, Ben e Rosamund,  que estão sublimes, como dos coadjuvantes. O preciso Tyler Perry que vive o advogado de Nick chega até a ser engraçado, mas tem sua seriedade na medida, Kim Dickens , a detetive do caso é quem muito nos guia na troca de lados ao achar que Affleck é um assassino, Patrick Fugit, faz um oficial de investigação correto, Neil Patrick Harris é um ex-namorado meio pirado de Amy que aparece só para nos deixar com mais pulga atrás da orelha, Missi Pyle, é a típica apresentadora de programas sensacionalistas que claro acusa com fervor o marido de Amy, Emily Ratajkowski,  interpreta a aluna de Nick que também vem para nos balancear em nosso julgamento, e Casey Wilson, a vizinha do casal e ''suposta amiga '' de Amy também colabora nisto. Ben e Rosamund realmente tem um vôo solo, pois são mais conhecidos e tudo se concentra neles, mas os atores que preenchem o fundo adicionam bastante no bate-bola. Para quem não lembra da atriz Rosamund Pike, basta rever ''Orgulho & Preconceito'' e ela também pode ser vista em ''Jack Reacher - O Último Tiro'' com Tom Cruise.  


Por fim, vale dizer que: A obra cinematográfica tem capacidade suficiente para fazer tanto sucesso de bilheteria e agradar os cinéfilos de plantão como também agradou nas prateleiras das livrarias. Isto porque adapta para as telas mais que uma história sobre um casamento em crise. Revela uma profunda reflexão sobre o relacionamento entre um homem e uma mulher de forma irônica e intrigante.

Isso é tudo, folks!
Avaliação: Não perca por nada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Visite Também:
http://www.gonegirlmovie.com/
http://www.garotaexemplar-filme.com.br/
http://www.garotaexemplar.com.br/

Hoje nos Cinemas!

Não Recomendado para menores de 16 anos.

See Ya
B-

Ps: Nos sites especializados a película está com ótimas notas!

Escrito por Bárbara Kruczyński

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)