Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros (3D)


Umas das estreias mais esperadas do ano chega hoje aos cinemas, "Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros''. Com produção de Steven Spielberg e direção do pouco conhecido  Colin Trevorrow, o longa revisita o famoso mundo dos Dinossauros e tenta novamente dar aos seres humanos um pouco daquele universo que outrora existira. No elenco, Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Judy Greer,  Irrfan Khan, Vicent D'Onofrio, Ty Simpkins, Nick Robinson, Jake Johnson, BD Wong e Omar Sy.


Localizada na ilha 'Nublar', a nova iniciativa de apresentação do 'Jurassic Park' traz, mais uma vez, os trabalhos científicos do Dr. Henry Hu (BD Wong) - o personagem é conhecido em 'Jurassic Park - O Parque dos Dinossauros' de 1993. Todavia, seu empenho agora é reproduzir dinossauros modificados geneticamente em larga escala e com uma inteligência acima do esperado. O empresário Masrani (Irrfan Khan), dono da nova empreitada, dá suporte total aos projetos, mas não sabe ao certo o que o Dr. Henry tem realmente feito. Claire ( Bryce Dallas Howard), chefe da equipe do Jurassic World, é quem fica responsável por apresentar algumas destas experiências à Masrani e aos patrocinadores. O empresário pede apenas que a moça se certifique de que a estrutura gigantesca tenha força o bastante para segurar as atrações. Assim, solicita a visita de Owen (Chris Pratt), funcionário do park, para avaliar o espaço. Além disso, Claire também necessita ficar de olho nos sobrinhos Zach (Nick Robinson) e Gray (Ty Simpkins) que estão à solta conhecendo o lugar. Ainda mais quando uma das novas experiências do Dr. Henry parece ter se tornado uma grande ameaça à todos os visitantes.

Trailer

Ficha Técnica: Jurassic World, 2015. Direção: Colin Trevorrow. Roteiro: Rick Jaffa, Amanda Silver, Colin Trevorrow e Derek Connolly - baseado na trama do livro 'Jurassic Park' de Michael CrichtonElenco: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Judy Greer, Irrfan Khan, Vicent D'Onofrio, Ty Simpkins, Nick Robinson, Jake Johnson, BD Wong, Omar Sy, Lauren Lapkus, Brian Tee, Jimmy Fallon. Gênero: Aventura, Scifi, Ação. Distribuidora: Universal Pictures do Brasil. Nacionalidade: Eua. Trilha Sonora: Michael Giacchino. Duração: 2h05min.
O longa é permeado de homenagens aos outros filmes da franquia, principalmente o primeiro. John Hammond, vivido pelo ator já falecido Richard Attenborough, o criador do parque original, ganha até uma estatua no ambiente. Fora que parte do cenário e de objetos do primeiro longa são 'personagens' e palco de muita ação. Os dinossauros estão bem distintos dos presentes nos longas anteriores, mas no quesito diversidade, pois o Dr. Henry reproduziu novas espécies, como o magnânimo 'Mosassauro', que aparece para fazer um big espetáculo similar aos que se vê no ''Sea World''. Não obstante, o dinossauro aterrorizante da vez é o tremendo 'indominus rex', uma criatura hibrida que tem combinação genética de diversas espécies e consegue até se camuflar na selva. A fêmea causa um terror enorme na ilha e sua inteligência, além da conta, é de deixar qualquer um bestificado.

Não há em si uma grande apresentação, mas o elenco todo está bem. Chris Pratt consegue tirar boas sacadas com suas falas cômicas e sua postura de herói é correta. Ele também tem um romance leve com Claire, a personagem de Bryce. Esta última que faz linha dura e surpreende de moça valente. Os atores mirins que interpretam os sobrinhos da mesma, também convencem, pois trazem um contexto família para o enredo e conseguem a fazer se importar mais com as pessoas e ser menos fria. O assistente dela, interpretado por Jake Johnson, é a outra graça do filme e nos faz dar boas risadas, apesar das poucas falas. Omar Sy, de '' Os Intocáveis'', faz um tratador consciente e junto com Pratt tentam manter uma conexão com os 'velociraptors', Irrfan Khan interpreta um homem de negócios regular que acha tudo uma beleza. BD Wong e Vicent D'Onofrio, são quem contrastam a trama com atuações mais gananciosas para tirar proveito do fascínio dos humanos pelos dinossauros. Além claro, de seus propósitos pessoais de usá-los como armas e cobaias de sucesso.


O argumento proposto aqui, de certa forma, repete o das outras tramas da série e não  as supera em nada- a ganância dos cientistas como meio de lucrar e entreter é mais do mesmo - afinal, se as outras versões do Park não deram certo, para quê mais uma? Mas o que esta sequência tem de diferente é que revela novas espécies com um potencial muito mais inteligente, bem como assassino. Isto, claro, com o intuito de fazê-las mais 'uteis' ao contexto de segurança nacional. A cena em que vemos o personagem de D'Onofrio ficar fascinado com um possível controle que Pratt exerce sob estas criaturas, exemplifica bem este pensamento.

Portanto, como um todo, a película agrada em vista de apresentar um visual deslumbrante, dos novos dinossauros serem mega reais, das homenagens singelas, das cenas chocantes e também por ter aquele apelo emocional e familiar comum da franquia. Só faltou um pouquinho mais de costura no enredo, já que a produção aparenta ter um ou outro, ou outro, ou outro parafuso solto e o roteiro segue numa linha mais usual para apresentar um 'fim um pouco exagerado demais'. E com isto, a direção empenhada de Colin, não se dá bem e nem contorna alguns efeitos repetitivos e sacadas óbvias do caminhar da película. A trilha sonora de Michael Giacchino rende, contudo, um bom ritmo e os efeitos especiais e a fotografia são sublimes.



Avaliação: Correndo de três espécimes de 'Indominous Rex' e querendo mais susto no próximo ~ pois pulei pouco da cadeira ~ e o 3D tá bem dispensável.

Hoje nos Cinemas!


See Ya!
B-

Ps: Eu tinha 6 pra 7 anos no lançamento do primeiro filme e não me lembro de ter sentido tanto medo e agonia - a não ser em ''Tubarão'', também produzido por Spielberg - que também dirige aquele. Este aqui não dá aquele medo todo , mas dá para se divertir 'um cadin'.

Escrito por Bárbara Kruczyński

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)