Pegando Fogo


Tem algum tempo que a TV, em todos os lugares do mundo, aprendeu a mostrar receitas de uma forma mais alternativa e a investigar de outro aspecto o mundo dos chefs de restaurantes três estrelas. Dezenas de reality shows sobre cozinhas de hotéis, sobre confeiteiros famosos, sobre comidas de outros países ou ainda que mostram a guerra que é competir para ver quem se sai melhor no manejo do fogão, encheram a nossa telinha, nos últimos tempos. No cinema, esta imersão se deu através de filmes como a adorável animação Ratatouille, de 2007, e os apreciados longas Sem Reservas (2007),  Julie & Julia (2009) e também, o mais recente, Chef com Jon Favreau. Entra agora para este time seleto a película 'Pegando Fogo', uma narrativa ficcional que traz a tentativa ferrenha do chef de cozinha norte-americano Adam Jones, vivido pelo ator multifuncional Bradley Cooper, para conseguir requinte ao seu restaurante em Londres. Com direção de John Wells (Álbum de Família), o filme tem ainda em seu elenco: Emma Thompson, Uma Thurman, Sienna Miller, Omar Sy, Daniel Brühl e Matthew Rhys.

Sinopse:
O chefe de cozinha Adam Jones (Bradley Cooper) já foi um dos mais respeitados em Paris, mas o envolvimento com álcool e drogas fez com que sua carreira fosse ladeira abaixo. Após um período de isolamento em Nova Orleans, ele parte para Londres disposto a recomeçar a carreira e conquistar a sonhada terceira estrela no badalado guia Michelin de restaurantes. Para tanto, ele conta com a ajuda de Tony (Daniel Brühl), que gerencia um restaurante na capital britânica, e recruta uma equipe de velhos conhecidos que se completa com a entrada da novata Helene (Sienna Miller). 
 
Atingir a perfeição pode não ser tão fácil quanto se parece, mas eleva o nível de muitas coisas em nossas vidas. Inclusive, nosso ego. Adam Jones (Cooper), após ter obtido grande sucesso em um restaurante na França, vê sua vida mudar por completo exatamente por tal motivo. Se deixou levar pela arrogância e pela ciência de que sabia fazer os melhores pratos de Paris. Seu gênio forte e temperamental acaba o levando de volta a América só para fazê-lo repensar suas ações e então partir para Londres e refazer sua jornada. Lá encontra alguns ex-parceiros como Michel (Sy) e Tony (Brühl) e os convence em recomeçar um restaurante. Jones, por ser quem é, é aconselhado por Tony a ir procurar a Dra. Rosshilde, sua terapeuta, que talvez possa o fazer refletir sobre seus erros e vitórias e ajudá-lo a acalmar suas ânsias. Mas é sua persistência em continuar e também sua força que o fazem se focar com dedicação total à sua cozinha.






















O longa tem um andamento moderado, reviravoltas convincentes e personagens bem consolidados. Talvez um pouco caricatos, mas bem assertivos no que tem que fazer em tela. A participação de chefes reais de cozinha (e também a dedicação dos atores) trazem muita realidade ao ambiente e aprofundam com delicadeza certas viradas no enredo.

Bradley Cooper está bem em todas as línguas e seu tempero consegue pegar. Sienna Miller agrega muito e Daniel Brühl vive o amigo que todo mundo queria ter. Omar Sy, com toda sua simpatia, surpreende ao sair de cena vingstivo. Emma Thompson e toda sua elegância mostram um charme digno das senhoras londrinas e Uma Thurman é um plus com sua pequena participação.

Em suma, roteiro e direção são bem alinhados e não inovam, mas emplacam drama e comédia em boas doses. Trilha Sonora, fotografia, edição e figurino fazem também um trabalho moderado e deixam que a história se leve sozinha sem muitos retoques ou maquiagenm.

Vale investir e sentir aquele gosto bom do requinte londrinho e também da loucura demasiada dos chefes perfeccionistas.


O longa recebeu consultoria dos chefes Gordon Ramsay, Mario Batali, Marcus Wareing e Marco Pierre White e alguns deles deram treinamento aos atores bem como estão em cena para ajudar nas confecções dos pratos. Quem recebeu a tarefa de treinar Cooper foi o excêntrico e genioso Ramsay. O chef é famoso por seus reality shows em todo o mundo. Se gostarem desse estilo de programa, provavelmente, já devem o ter visto em ''Hotel Hell'', Hell's Kitchen ou ainda o Masterchef dos Estados Unidos.
Ficha Técnica: Burnt, 2015. Direção: John Wells. Roteiro: Steven Knight e Michael Kalesniko. Elenco: Bradley Cooper, Sienna Miller, Uma Thurman, Emma Thompson, Matthew Rhys, Alicia Vikander, Daniel Brühl. Gênero: Drama, Comédia. Nacionalidade: Eua. Distribuidora: Paris Filmes. Duração: 01h42min.

Trailer



Avaliação: Três ostras levemente temperadas! (3/5) Bom

Divertido, moderado e com um elenco sublime, Pegando Fogo entra em cartaz em 10 de Dezembro, nos Cinemas!


See Ya!
B-

Escrito por Bárbara Kruczyński

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)