Brooklin

Olá!

Estou meio sumida nos últimos tempos, my bad.


Hoje vim falar de mais um dos indicados ao Oscar 2016. Amo essa época do ano, a expectativa de saber os vencedores e a maratona de filmes indicados me encanta!
Brooklin foi indicado nas categorias Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Atriz. Algumas das principais categorias do Oscar. O roteiro ficou por conta do maravilhoso Nick Hornby, que escreveu livros como Alta Fidelidade e Um Grande Garoto e o roteiro de Educação (amo muito). Já Saoirse Ronan só tem 21 anos, mas faz sucesso desde cedo. Ela foi indicada em 2007 ao BAFTA, Globo de Ouro e ao Oscar, pelo papel de Briony em Desejo e Reparação. Além de protagonizar Hanna, Um Olhar do Paraíso, Caminho da Liberdade, entre outros. Confesso, sou fã dos dois, mas tentei controlar as expectativas para o filme.

Brooklin

Direção: John Crowley
Roteiro: Nick Hornby
Elenco: Saoirse Ronan, Domhnall Gleeson, Emory Cohen, Jim Broadbent, Julie WaltersSaoirse Ronan, Domhnall Gleeson, Emory Cohen, Jim Broadbent, Julie Walters
País: Irlanda, Reino Unido e Canadá


No mundo que vivemos é difícil imaginar ficar longe das pessoas que amamos - família, amigos, com pouco contato. Hoje é tudo tão fácil, uma mensagem e, poucos segundos depois, aquela pessoal te responde, pode mandar uma foto, um vídeo ou fazer uma vídeo chamada. Simples né? Não é a mesma coisa de estar junto, mas certamente alivia um pouco aquela saudade de casa.

As coisas não eram tão simples assim no inicio dos anos 50. Ellis (Saoirse Ronan) é uma moça que vive no interior da Irlanda com a mãe e a irmã. Sem muitas perspectivas e oportunidades de vida, ela tem a chance de ir para os Estados Unidos realizar seus sonhos. As expectativas são grandes, afinal, são os Estados Unidos! O sonho americano finalmente se tornaria realidade.

Ellis chega ao Brooklin, em Nova York. E vai tentando aos poucos se adaptar a nova rotina que tem longe de tudo que conhece. Quem já viveu longe de casa consegue imaginar, quando a homesickeness (saudades de casa) bate, não tem muito o que fazer. A gente chora, sofre, pensa em voltar, acha que tudo ao nosso redor não é tão bom quanto em casa... Mas nada como um dia após o outro, a adaptação acontece aos poucos e passamos a ver a nova casa com outros olhos. Com a Ellis não foi diferente. Ela começa a frequentar aulas da universidade após o trabalho, faz amizade com as colegas de casa e conhece Tony, um rapaz que aos poucos se torna bem especial.


Brooklin é uma história de desafios e mudanças. Eu fiquei apaixonada! Algumas vezes até senti umas lágrimas nos olhos. As vezes na nossa vida passamos por grandes mudanças, esperadas ou não, saber sobreviver e lutar pra ter uma vida melhor não é nada fácil. O negócio é pensar no sonho. Quem disse que seria fácil?

Brooklin estréia hoje nas salas de cinema de todo o país


Escrito por Fernanda Xavier

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)