De Onde Eu Te Vejo



Em 'De Onde Eu Te Vejo', longa de Luiz Villaça que debuta esta quinta-feira (07), somos apresentados ao amor de um casal que é corrompido pelas forças do tempo. Um amor construido pelo período de 20 anos que teve como palco a cidade de São Paulo. Uma megalópole com alma guerreira e corpo em formato de muitos, muitos prédios. Uma  resposta de argumentos bons a este e tantos outros amores ali vividos. Uma dança constante da vida consigo mesma.

Ela é Ana Lucia (Denise Fraga), uma arquiteta que trabalha destruindo espaços ao invés de preenche-los. Ele é Fábio (Domingos Montagner), um jornalista que acaba de ser atingido pela crise de sua área e está desempregado. Juntos, eles tem uma filha (Manoela Aliperti) que está indo em busca de seus sonhos e os abandonando para se concentrar nos estudos.

O casal, por hora separados, tem então de lidar com a ausência da filha e a presença constante um do outro. Isto porque Fábio passa a morar no prédio em frente ao de Ana Lucia e consegue ter visão ampla, igualmente a ela, do que se passa do outro lado da rua.


O filme se permite contar a história de uma forma super criativa. Usa São Paulo como personagem e engana o espectador com boas artimanhas. Como, por exemplo, voltar ao passado sem realmente estar nele por intermédio de um 'revival' que o casal encena. Os personagens não centrais trazem  para a trama reflexões próprias que se contrabalanceiam ao que está ocorrendo ali de forma muito coerente. Afonso, personagem do ator Juca de Oliveira, pode ser considerado um destes e Yolanda também (Laura Cardoso) . Tem se ainda Marisa Orth como a amiga do casal, Olga, e Fúlvio Stefanini como dono do bar em que eles costumavam frequentar.

A construção que o roteiro emprega das personagens femininas é de um todo um pouco básica demais. Tanto a da filha adolescente como a da própria Ana Lucia. Ademais, a chegada de um novo alguém na vida da arquiteta parece se dar de um jeito mais irrisório do que necessariamente acrescentar ao enredo. Quem realmente rouba a cena com trejeitos e fofurices extremas é o gracioso protagonista de Domingos. O ator conquista seu espaço tanto devido ao seu bom desempenho como ao ótimo material que o roteiro lhe proporcionou.


Denise Fraga volta a quebrar a 'quarta parede', como em outros de seus trabalhos (muitos deles até com Villaça), e, apesar de fazer isto de um jeito mínimo, para o contexto do longa a mania não cola. A jovem Manoela que interpreta a filha do casal também não convence e você fica sempre se questionando o porquê dela se apresentar tão robótica.

A produção usa de alguns artifícios que dão a leve impressão de estar assistindo 'Mariana e Martin' no futuro, personagens oriundos do longa Medianeras: Buenos Aires na era do Amor Virtual (2011). Não só por terem a cidade como um aliado, mas também pelo contraste das situações e das reações dos progonistas à elas.

A São Paulo do longa e a visão arquitetônica de Buenos Aires em 'Medianeras' , dirigido por Gustavo Taretto em 2011.

Villaça conduz com satisfação e tira bom proveito do resultado final de seu filme. Sua exigência de uma trilha sonora diferente para cada bairro de SP casou muito bem com a leveza dos sons compostos por Dimi Kireeff. E a produção de arte e figurino apontam detalhes muito sofisticados dos personagens.

Em suma, a película apresenta um conflito que tinha tudo para se resolver sem dar muitas voltas, todavia, mesmo que tenha dado, conseguiu fechar o ciclo e seguir em frente.

Trailer


Ficha Técnica: De Onde Eu Te Vejo, 2014. Diretor: Luiz Villaça. Roteiro: Rafael Gomes e Leonardo Moreira. Elenco: Denise Fraga, Domingos Montagner, Marisa Orth, Juca de Oliveira, Laura Cardoso, Fúlvio Stefanini, Marcelo Airoldi, Laila Zaid e Manoela Aliperti. Fotografia: Alexandre Ermel. Montagem de Som: Miriam Biderman. Trilha Sonora Original: Dimi Kireeff. Direção de Arte: Vera Hamburger. Distribuidor: Warner Brothers Brasil. Duração: 01h30min.


Avaliação: Três prédios em construção com material do bom (3/5).

HOJE NOS CINEMAS!


See Ya!
B-

Escrito por Bárbara Kruczyński

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)