Pets: A Vida Secreta dos Bichos


Mais uma vez chega aos cinemas uma animação que promete tocar o coração de adultos e crianças, Pets: A Vida Secreta dos Bichos, produção da Universal Pictures que têm direção da dupla Yarrow Cheney e Chris Renaud e roteiro do quarteto Cinco Paul,  Ken Daurio, Brian Lynch e Simon Rich. Aliás, grande parte dessa turma está envolvida de alguma forma ou com a criação ou com a direção do universo de outra mega animação dos estúdios universal: ''Meu Malvado Favorito''.

Pets estreou no inicio de julho, nos Estados Unidos e também no Canadá, e foi muito bem nas bilheterias (arrecadou uma quantia significativa de US$ 103,2 milhões só no primeiro final de semana. Por lá as vozes originais ficaram por conta de Louis C.K., Eric Stonestreet, Kevin Hart, Jenny Slate, Ellie Kemper, Albert Brooks, Bobby Moynihan, Hannibal Buress, Dana Carvey, Lake Bell e Steve Coogan. Aqui no Brasil, por sua vez, teremos a chance de ouvir o experiente Danton Mello (para quem não sabe desde criança o ator exerce trabalho de dublador) e ainda os novatos: Luis Miranda, Tiago Abravanel e Tatá Werneck.

A trama é muito singela e rola identificação na hora. Principalmente, para quem tem animais de estimação em casa. Há propósito, dados do IBGE de 2013 apontam que 44,3 % de lares brasileiros possuem ao menos um cão e que 17,7% têm ao menos um gato. Ou seja, uma porcentagem boa de pessoas que p-r-e-c-i-s-a-m ver este filme. Então vamos de sinopse:
Max (Mello) é um cachorrinho fofura que mora com a jovem Katie em um apartamento localizado em Manhattan, Nova York, mas um dia sua amada dona traz para casa um novo e enorme cão chamado Duke (Abravanel). Max odeia a ideia de ter que dividir Katie com um completo estranho, fora isso, seu mundo é destroçado quando todos os privilégios que ele tinha agora são de Duke. Na hora de ir passear, contudo, os dois se metem em uma confusão e a carrocinha começa a persegui-los junto com uma turma muito louca de animais do submundo do esgoto Nova Yorkino.  A sorte da duplinha é que os animais da vizinhança ficam sabendo do sumiço de Max e se reúnem para ajudá-los. Assim, eles têm que pôr as divergências de lado e acharem um jeito de se protegerem até a ajuda chegar.

A trama tem um tempo de duração ótimo e apresenta viradas de rumo muito boas e consistentes.  É também muito eficaz em mostrar o aspecto emocional de como um bichinho possa talvez se sentir quando seu dono sai de casa e o deixa sozinho. Max, sempre que sua dona vai trabalhar, por exemplo, não faz mais nada na vida a não ser olhar para a porta e a esperar voltar. Seus amigos do bairro, por outro lado, saem de casa ou até fazem festas ao som paulera da banda System of a Down . E essa turma é formada pela a gatinha Chloe (Bell na voz original), pelos cachorros Mel (Moynihan na voz original) e o linguiça Buddy (Buress na voz original), a pequena Gidget (Tatá Werneck), além de um periquito e um porquinho da índia.

Outra  característica hilária dos cães que se vê é como os cachorros são loucos por bolas, ou esquilos e/ou também fascinados por tevê (inclua ai novelas mexicanas hahaha). A gatinha Chloe é ótima e ganha trejeitos de um bichano espertíssimo. Diferente de alguns cãozinhos bobões. O porquinho da índia parece sempre estar perdido e o periquito é todo metido a aventureiro digital.

Duke (Abravanel) e Max (Mello) tem um inicio difícil, mas aos poucos vão construindo uma relação de amizade. E o rei da vilania é o coelho do esgoto Snowball, voz do BRILHANTE Luís Miranda, aqui no Brasil, e no original, do hilário Kevin Hart. Inclusive, a escolha do cast de dublagem está de parabéns. Todos atores cabem direitinho em seus papéis e não poderiam ter escolhido melhor.



A trilha sonora do longa é do sempre insuperável Alexandre Desplat e, à parte do instrumental, ela traz ainda: Taylor Swift com sua ''Welcome To New York'' introduzindo a película, uma animada versão da ótima ''No Sleep To Broklyn', dos Beaties Boys, para uma das cenas finais. Há também uma releitura fofa da canção ''We Go Together'' (Grease).

Lembra-se ainda que a produção é cercada de 'referências' ao universo do filme 'Meu Malvado Favorito' e antes do seu inicio, provavelmente, você verá o curta 'Mower Minions', do diretores Bruno Chauffard e Glenn McCoy, que trazem os famosos ajudantes amarelinhos do laboratório de Gru.

Ah, e com a boa recepção que o longa teve nas bilheterias norte-americanas, sua continuação já ganhou aval para 2018 e, sinceramente, vale a pena esperar por ela, pois os filme é  diversão garantida e apresenta um trabalho minucioso em seu design.



Trailer


Ficha Técnica: The Secret Life of Pets, 2016. Direção: Yarrow Cheney e Chris Renaud. Roteiro: Cinco Paul,  Ken Daurio, Brian Lynch,  Simon Rich. Dubladores Nacionais: Luis Miranda, Danton Mello, Tiago Abravanel e Tatá Werneck. Vozes Originais de: Louis C.K., Eric Stonestreet, Kevin Hart, Bobby Moynihan, Dana Carvey, Jenny Slate, Lake Bell, Ellie Kemper, Albert Brooks e Steve Coogan. Gênero: Animação, aventura, comédia. Trilha Sonora Original: Alexandre Desplat. Distribuidora: Universal Pictures do Brasil. Duração: 01h27min.
Imperdível!

Avaliação: Quatro cachorros bem alimentados e sapecas (4/5)!

25 de Agosto nos Cinemas!

See Ya!
B-

Escrito por Bárbara Kruczyński

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)