La La Land - Cantando Estações


Foto: Divulgação
É bem possível que uma chama se acenda em seu coração esta semana, pois “La La Land” (La La Land: Cantando estações, em português), filme de Damien Chazelle, chega aos cinemas brasileiros, no próximo dia 19.
Foto: Divulgação
Grande vencedor do Globo de Ouro 2017, o musical (sim, é um musical) conta a história de Mia (Emma Stone) na luta diária para ser atriz como sempre sonhou e Sebastian (Ryan Gosling), músico que almeja ter seu próprio clube clássico de Jazz. Ambos vivem em Los Angeles, cidade que, apesar das diversas oportunidades, é mais conhecida por esmagar boa parte dos sonhos daqueles que tentam viver do entretenimento.

Mia trabalha em uma cafeteria no centro de grandes gravações cinematográficas e Sebastian faz trabalhos musicais, digamos, não muito bem sucedidos apesar de seu grande talento. Suas vidas vivem se esbarrando até que eles decidem transformar histórias distintas em uma única e vão atrás de seus sonhos.

Pois bem, vamos falar primeiro da direção. Damien Chazelle (Whiplash) mandou muito bem, não só por dirigir bem as cenas, os enquadramentos e as decisões de takes, mas também pelo belíssimo roteiro bem escrito e consolidado. O filme tem aspectos bem teatrais, ajustes de luz e posicionamentos cênicos excelentes. Vale a pena conferir. Além disso, a cenografia está incrível e cheia de elementos que agregam muito positivamente para a película.

Foto: Divulgação
O elenco está perfeito e a Emma Stone, desde o início, mostra que sua personagem tem bastante a oferecer e que o filme é sobre ela e dela (principalmente). Ryan Gosling não fica atrás, seu personagem casa muito bem a trama e o entrosamento encontrado pelos dois faz você torcer por eles e se aproximar bem do casal [aliás, este é o terceiro filme em que atuam juntos]. O longa ainda tem a maravilhosa e hilária participação de J. K. Simmons (Whiplash e Homem Aranha), John Legend (Homens do Soul), Rosemarie DeWitt (Poltergeist – o fenômeno) e muitos outros.

Foto: Divulgação

A trilha sonora é um dos pontos altos, sem dúvida. Não é à toa que “City of Stars” recebeu o Globo de Ouro de melhor música e, na minha opinião, ela nem é a melhor música da produção. Corre para conferir, pois já tem disponível no Spotify.

A fotografia do filme me agradou demais. Há momentos em que se pode ficar de boca aberta, inclusive. Achei bacana, inclusive, como em alguns momentos os personagens brincam com isso dizendo coisas como “já vi melhores”.


Em Resumo, La La Land é um filme muito amorzinho. As coreografias musicais são boas, a fotografia é incrível, a trilha sonora mais ainda, a direção soube muito bem como conduzir a história e as atuações são dignas de prêmio. Por falar nisso, se a produção concorrer ao Oscar de Melhor filme, arrisco dizer que pode sair vitorioso por um motivo simples: é um musical com tanta referência a filmes clássicos Hollywoodianos que acaba sendo uma verdadeira massagem ao ego da academia. Mas é certeza que muita gente pode sair da sala de cinema igual ao gif acima. =D


Trailer


Ficha Técnica: La La Land, 2017. Direção: Damien Chazelle. Roteiro: Damien Chazelle. Elenco: Emma Stone, Ryan Gosling, J.K.Simmons, John Legend, Rosemarie DeWitt. Nacionalidade: EUA. Gênero: Musical/Comédia. Trilha Sonora Original: Justin Hurwitz. Fotografia: Linus Sandgren. Cenografista: David Wasco. Distribuidora: Paris Filmes. Duração: 2h08min.

Nota: 4,5/5

Te vejo em breve. ;D

Escrito por Leandro Lisbôa

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)