As Duas Irenes


As Duas Irenes - filme de Fabio Meira rodado em Goiás, mostra uma pequena cidade com aparência de "parada no tempo", sem ser um ponto turístico. Uma cidade deserta, com cores terrosas e claras, ar seco e quente, o que dará ao filme um aspecto doce e delicado. Já nas primeiras cenas me apaixonei pela ambientação do filme -  preste atenção!

Uma pedra quebrando uma vidraça rompe com esta calma idílica. E uma garota simbolicamente adentra um novo universo.

Assim conhecemos Irene (Priscila Bittencourt) uma menina de 13 anos, pele clara, aspecto inocente, corpo pouco desenvolvido para a idade. Irene é a filha do meio de uma família tradicional onde o pai (Marco Ricca) é o provedor que viaja muito a trabalho para ganhar o sustento da família abastada. A mãe (Susana Ribeiro) cuida da casa e das filhas com a ajuda da babá/empregada. Uma casa típica de uma família feliz e funcional.

Trailer


Difícil acreditar que em um lugar tão pequeno e pacato um homem conseguiria manter uma segunda família em segredo por - acreditem - 13 anos!!! Pois Irene descobre que seu pai tem outra "esposa" (Teuda Bara), outra filha com o mesmo nome Irene (Isabela Torres) de - pasmem - 13 anos.

Revoltada Irene mente sobre seu nome e passa a frequentar a casa de sua meia-irmã.
Sem grandes momentos dramáticos o filme transcorre baseado na tensão desse segredo entre as duas garotas. As Irenes são totalmente opostas. Uma é doce e inocente e se veste com cores neutras e roupas discretas, a outra é ousada e tem personalidade forte, se veste com decotes, cores marcantes, mostrando o corpo já formado.

Nasce uma amizade entre as meninas. É antes de tudo uma história de crescimento, amizade e descobertas da adolescência e o desfecho deixa pano para a solução do conflito entre as famílias.


Ficha Técnica: As Duas Irenes, 2017. Direção e Roteiro: Fabio Meira. Elenco:
Priscila Bittencourt, Isabela Torres, Marco Ricca, Inês Peixoto, Teuda Bara, Susana Ribeiro e Maju SouzaProdutores: Fabio Meira e Diana Almeida. Produtores Associados: Simone Caetano, Marco Ricca e Daniel Ribeiro. Produtoras Executivas: Diana Almeida e Rachel Braga. Direção de Produção: Carolina Sganzerla. Casting: Simone Caetano. Assistente de Direção: Alice Gomez. Diretora de Fotografia: Daniela Cajías. Diretora de Arte: Fernanda Carlucci. Figurinista: Anne Cerutti. Maquiador: Marcos Freire. Montadora: Virginia Flores. Trilha Sonora Original: Edson Secco. Desenho de Som: Ruben Valdés. Mixagem: Ricardo Cutz. Distribuição: Vitrine Filmes | Sessão Vitrine Petrobras. Duração: 01h29min.
De repente parei para refletir que em momento algum pensei em julgar esse pai, pois à sua maneira, ele era presente e carinhoso com as duas famílias. E ele tinha o melhor de dois mundos, pois as esposas se completavam na maneira de ser. Isso faz com que o público se conecte com a trama e de alguma forma se identifique com a história.

Com certeza, este é o objetivo da história, mas para mim ficou um vazio e uma sensação de algo faltando. Saí do cinema com a pergunta na cabeça - "E agora?"

E talvez exatamente nisto esteja a beleza do filme. 😉

Confiram. 
Os ingressos serão vendidos a preço reduzido no projeto Sessão Vitrine Petrobrás.

14 de Setembro nos cinemas!

Helen Nice
@n.dacoruja

Escrito por staff

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)