Madame


Aproveite seu feriado para se deliciar com esta comédia que fala de amor e as ciladas que a vida prega, principalmente, na alta sociedade onde as virtudes se definem pelas posses das pessoas, ou pelo menos, pelo que elas aparentam possuir.

O longa apresenta um roteiro simples e bem amarrado, perfeito para se distrair, porém, não deixa de jogar uma reflexão aqui e outra ali.

A atriz Toni Collete é Anne esposa de Bob, personagem do ator Harvey Keitel. O casal norte-americano vive na sociedade francesa contemporânea e esbalda sua ''aparente riqueza''.
Nesta fábula moderna, Anne é a "vilã", a patroa que disfarça bem seu preconceito para com os serviçais. Bob é um suposto milionário, metido a sedutor e bon vivant, mas com um pézinho na ruína financeira.

Tudo gira em torno de um jantar para a alta sociedade. Atenção voltada para os 'mínimos detalhes' do evento, mesa meticulosamente posta para doze convidados especiais e, então, surge, sem aviso, o filho fanfarrão que "se" convida para a festa. Logo, doze convidados passam a ser treze, o próprio prenúncio de mal agouro.

Trailer

A solução encontrada por Anne é disfarçar a empregada espanhola Maria (Rossy de Palma) com roupas de luxo e ter uma "discreta" convidada de última hora.
Todavia Maria não tem nada de, digamos assim, contida e bastam algumas taças de vinho para colocá-la à vontade. Por ironia do destino, o ricaço David (Michael Smiley) se encanta por ela.


Ficha Técnica. Título Original: Madame. Diretor: Amanda SthersRoteiristas: Amanda Sthers e Matthew RobbinsElencoToni Collette, Harvey Keitel, Rossy de Palma, Michael Smiley,  Tom Hughes, Violaine Gillibert, Stanislas Merhar, Sue Can e Ariane Séguillon. Gênero: Comédia/Drama. Trilha Sonora Original: Matthieu Bonet. Fotografia: Régis Blondeau. Edição: Nicolas Chaudeurge. Ano: 2017. Países: França. Distribuição: Califórnia Filmes. Duração: 91 minutos. 

''Madame'' é um conto de fadas 'a lá gata borralheira' e seu príncipe afortunado. Mas tudo baseado em mentiras. E a "rainha má" Anne fazendo de tudo para atrapalhar o romance, principalmente, por perceber que seu casamento com Bob já não tem o calor e o frescor de outrora.

Uma história gostosa de se assistir, leve e perfeita para relaxar. 

Boa dica para o fim de semana prolongado.
29 de março nos cinemas.

Por
Helen Nice
@n.dacoruja

Escrito por staff

    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

0 comments:

Postar um comentário

Pode falar. Nós retribuímos os comentários e respondemos qualquer dúvida. :)